Blog do Hollander :: RoR de leigo para leigos

4 maio, 2008

Plugin Brazilian Rails

Filed under: Ruby / Rails — Tags:, , , — hollanderramos @ 12:06

Neste post eu comentei que era mais fácil trabalhar com Rails utilizando a convenção em inglês. Nas andanças da net, achei este plugin que – entre outras coisas – traduz a pluralização do Rails para o português.

Tentei instalá-lo no RADRails, mas obtive falha. Creio que se meu ambiente de desenvolvimento não fosse Windows seria mais fácil. Como necessito trabalhar com este ambiente, minha solução foi ir para o Console e tentar instalar o plugin via prompt. Ocorre que não está muito claro como se faz isso.

No site existe dois exemplos:
O primeiro é para instalação em Rails 2.1 (ainda não lançado – enquanto escrevo este post).
ruby script/plugin install git://github.com/tapajos/brazilian-rails.git

O segundo é para instalação em versões anteriores:
ruby script/plugin install svn://rubyforge.org/var/svn/brazilian-rails

Ambos comandos acima não funcionaram em Windows. Mas consegui a dica correta. No console, vá até o diretório do projeto criado e digite:
ruby script/plugin install http://brazilian-rails.rubyforge.org/svn/

Outra dica importante que não está clara: Para utilizar o plugin, abra o arquivo enviroment.rb que está no subdiretório config da aplicação, e acrescente o comando require ‘inflector_portuguese’ após o bloco Rails::initializer.run END. O código ficará parecido com este:

# Be sure to restart your server when you modify this file
(...)
# Specifies gem version of Rails to use when vendor/rails is not present
RAILS_GEM_VERSION = '2.0.2' unless defined? RAILS_GEM_VERSION
# Bootstrap the Rails environment, frameworks, and default configuration
require File.join(File.dirname(__FILE__), 'boot')

Rails::Initializer.run do |config|
# Settings in config/environments/* take precedence over those specified here.
# Application configuration should go into files in config/initializers
(...)
config.action_controller.session = {
:session_key => '_App_session',
:secret => '88bc...c62e'
}
# Use the database for sessions instead of the cookie-based default,
(...)
# config.active_record.default_timezone = :utc
end
require 'inflector_portuguese'

Salve o arquivo. Agora, você já pode criar classes com pluralização em português.

Em futuros artigos, tentarei explorar as outras funcionalidades do Brazilian-Rails.

1 Comentário »

  1. Aqui vc diz o seguinte:
    …………………..
    No site existe dois exemplos:
    O primeiro é para instalação em Rails 2.1 (ainda não lançado – enquanto escrevo este post).
    ruby script/plugin install git://github.com/tapajos/brazilian-rails.git
    O segundo é para instalação em versões anteriores:
    ruby script/plugin install svn://rubyforge.org/var/svn/brazilian-rails

    ………………………

    Para que estes dois comandos funcionem, é preciso ter o GIT e o SVN instalados respectivamente.

    Espero ter sido útil.

    Comentário por alberto braschi — 22 fevereiro, 2009 @ 22:34


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: